HOBBY IMPORTS MODEL

HOBBY IMPORTS MODEL
TUDO PARA O AEROMODELISMO ELÉTRICO

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Reportagem sobre piloto Basileiro da Air Race







Após acidente, Kindlemann agradece equipe da Red Bull Air Race

Brasileiro foi resgatado das águas do Rio Swan em menos de um minuto

O piloto Adilson Kindlemann deixou clara sua gratidão à equipe da Red Bull Air Race, prova internacional de corridas aéreas, que o resgatou após a queda de seu avião no Rio Swan, na cidade australiana de Perth. Nesta sexta, um dia depois do acidente, Kindlemann foi pessoalmente visitar os profissionais que, em cerca de 30 segundos depois da queda, já estavam na água realizando o resgate.

Para a equipe de 10 pessoas que trabalha na Air Race, o incidente simplesmente exibiu o que eles estão exaustivamente treinados para fazer.

– Foi um resgate bastante simples. Não houve nenhum tipo de surpresa para a qual já não estávamos preparados. Aconteceu exatamente como sempre treinamos – diz o capitão da equipe, Danny Lopez. – É claro que, por conhecermos bem todos os pilotos, nosso trabalho tem um componente pessoal – explica.

Kindlemann havia realizado um treino extra no início desta semana. Por isso, sabia o que fazer.

– Por sorte ou coincidência, havíamos feito uma sessão especial de treinamento de resgate na água na segunda – lembra o piloto, que lamenta ter danificado seu avião no acidente. – Estou me sentindo bem, mas evidentemente não tenho um avião para treinar hoje. Mas quero fazer o possível para competir no Rio, daqui a três semanas.


Video: globo.com

Texto Noticia tirada do site http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=capa_online



Reportagem sobre piloto Basileiro da Air Race

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Falcão Robo evita acidentes nos aeroportos






Seu nome é Astore Falco Robot GBRS (Gregarious Bird Removal System), um robô rádio controlado, com as mesmas características e movimentos de um falcão.

É o resultado de uma pesquisa de dez anos da empresa italiana Bird Raptor (www.birdraptor.com), e representa uma resposta inovadora e eficiente para um grave problema que afeta aeroportos em todo o mundo, a invasão de bandos de aves que levam perigo a aviões que pousam ou decolam, pois chocam-se contra as aeronaves.

Fabricado em isopor e Epp, com estrutura tubular de carbono reforçado em fibra de vidro, sem usar qualquer peça metálica, a fim de evitar uma ressonância, o robô dispõe de uma autonomia ativa de 15 a 30 minutos, e alcança uma velocidade de 40 a 50 milhas por hora, utilizando baterias recarregáveis.

As asas patenteadas, são o resultado da mistura de dois diferentes polímeros de estireno saturados de gás pentano; o esqueleto é em fibra de carbono, e a fuselagem em Kevlar. O robô foi construído com a colaboração da Faculdade de Engenharia Aeronáutica de Madrid.

INFORMAÇÕES TIRADAS DO SITE:www.whiteflight.com.br